Wagner Araujo

Como disparar múltiplas câmeras e flashes remotamente

A sincronização remota pode ser uma solução para um único fotógrafo capturar diversos ângulos ao mesmo tempo, inclusive com a possibilidade de se utilizar flashes

Muitas vezes, não é possível organizar um time de fotógrafos para cobrir um evento esportivo ou uma sessão de fotos esportivas. No primeiro caso, é comum não conseguir credenciais para todos; no segundo, pode ser que você esteja sozinho e queira capturar uma ação em tempo real de diferentes perspectivas.

No meu caso, costumo fazer sessões de fotos com atletas treinando de verdade. Por isso, não posso para-los o tempo inteiro para repetir a cena sob diversos ângulos. Mesmo em eventos esportivos ao vivo, as ações só acontecem uma vez, então disparar várias câmeras ao mesmo tempo pode salvar o seu dia.

Uma configuração que utilizo constantemente é deixar uma câmera com uma lente mais aberta (câmera 2 – à direita no diagrama abaixo) disparando remotamente e eu fico com uma tele nas mãos (câmera 1 – na parte de baixo do diagrama abaixo). Adiciono um ou dois flashes (à esquerda do diagrama abaixo) e quando eu disparo a câmera 1 tudo é disparado em sincronia.

Para que eu consiga disparar e tudo fique conforme planejado, é importante ter referências no solo, pois os atletas costumam correr rápido. Outro ponto que requer atenção é o equipamento.

Equipamento para sincronização

Existe uma infinidade de radio triggers disponíveis hoje no mercado. Quase todos eles servem tanto para disparar flashes quanto para disparar câmeras. Os mais famosos, caros e confiáveis deles são os da Pocket Wizard, que sincronizam acima de 1/250 (HSS – High Speed Sync) e ainda tem i-TTL. Eu, particularmente, não me preocupo com i-TTL. Para mim só importa o HSS, pois sempre uso o flash no manual. Assim, consigo usar uma abertura grande na tele, como f/2.8 ou f/4, mantendo a velocidade do obturador alta. Como deixo a câmera 2 mais aberta, diminuo a abertura, normalmente para f/8 ou f/11, para aumentar a profundidade de campo. Isso requer um ISO um pouco maior para manter a velocidade de, no mínimo, 1/1000 (para poder congelar os atletas). Por isso, meu setup na câmera 2 é no modo manual.

Os rádios que utilizo não são da Pocket Wizard, pois considero estes muito caros para quem vive em ambientes com vento, chuva, água, atletas em alta velocidade etc. Optei pelo ótimo Pixel King, que tem as funções i-TTL e HSS (até 1/8000 seg) para Nikon (acredito para Canon também). Ele custa ¼ do preço do concorrente mais famoso e é ainda mais leve. Sua fonte de alimentação é um conjunto de apenas 2 pilhas AA. O alcance é de 150m, o que é mais do que suficiente para mim. De bônus você ainda tem suporte a slow sync e rear curtain.

10_31_2012 11_40_10 PM

O único problema do Pixel King é que ele não dispara a câmera. Para resolver esse problema uso um outro grupo de rádios, agora da Yougnuo. O set com um transmissor e dois receptores pode ser encontrado por menos de R$100,00. O seu problema é que não sincronia acima de 1/250, assim não o utilizo no flash. No entanto, para disparar a segunda câmera, ele funciona muito bem, em sincronia com o Pixel King em HSS.

Vejamos o setup em detalhe:

Na câmera 1, monto o transmissor Pixel King (o que possui hot shoe) e, sobre ele, o transmissor Youngnuo.

Na câmera 2, monto o receptor Youngnuo com o cabo de sincronização, que é inserido onde se coloca os cabos de disparo.

Nos flashes, coloco os receptores Pixel King. Fique atento aos canais de transmissão para não perder imagens. Por isso, teste sempre antes.

Mesmo com TTL e controle remoto de exposição, serão necessários alguns testes. Faça isso antes da sessão ou do evento começar. Em eventos, é necessário pedir autorização para se utilizar câmeras remotas. Recomendo também o uso de cabos de segurança, por dois motivos. Primeiro, para evitar acidentes. Nos EUA, por exemplo, os eventos esportivos exigem seguros para que os fotógrafos utilizem câmeras remotas, especialmente as suspensas. Segundo, para evitar furtos, o que é comum no Brasil.

Bons cliques

Categories: Tech,Técnicas

Comments 0

Leave a Reply: